segunda-feira, 14 de março de 2011

Visão de mundo através das lentes do orgulho



O orgulho é um dos defeitos mais complicados. As pessoas muito orgulhosas não são capazes de ver um palmo a frente de seus narizes. Os orgulhosos têm a tendência de ver as outras pessoas de maneira deturpada, pois eles olham através das lentes do orgulho e, muitas vezes, do egoísmo, o que faz com que somente enxerguem os seus pequenos mundos. Várias vezes, os orgulhosos são incapazes de perceber o outro, se esquecem de perguntar como ele está, de que está precisando e etc. Com orgulho e egoísmo, passa-se a ver somente a si mesmo, os seus sentimentos, os seus valores... Apartir daí não existe mais empatia (a arte de perceber o outro e de se colocar no lugar do outro). 

Uma vez me disseram que o orgulho é pai de todos os defeitos e, pensando bem, considero isso válido, pois o orgulho cega as pessoas, faz com que elas não enxerguem os seus próprios erros e defeitos, as impedindo de trabalhar na melhora dos mesmos. E caso elas enxerguem, dificilmente irão admitir.

O orgulho está na lista dos principais defeitos psicológicos do site Gnosis on Line. Confira abaixo a definição que é dada ao orgulho no artigo: 

ORGULHO
* Autoconsideração (É A PORTA DE ENTRADA DE TODOS OS DEFEITOS. A pessoa sente-se ferida, mal amada, mal agradecida, injustiçada. Atrai, primeiro, a ira)
* Autossimpatia (esforça-se em ser simpático para ter aceitação, típico em ambiente profissional, manifesta-se especialmente pela distribuição de sorrisos para todos)
* Automérito (crê-se merecedor, mesmo não fazendo nada)
* Autovalorização (valorizar os esforços realizados. Quer recompensa)
* Autossuficiência (não necessita de ninguém, só acredita no próprio valor, não admite que alguém o ajude)
* Burla (caçoar ou debochar de alguém através dos olhos ou de gargalhada, quer chamar a atenção)
* Impontualidade (chega atrasado para ser notado)
* Gargalhão (ri estrondosa e escandalosamente)
* Complexo de inferioridade (crer-se menos que os outros, gera indecisos)
* Complexo de superioridade (crer-se mais que os outros)
* Indiferença (não ligar para os demais, fingir que não escuta ou liga para os outros)
* Pilatos (justifica seus erros ou atitudes)
* Desobediência (não aceita seguir ordens ou sugestões)
* Orgulho físico (ególatra que admira o corpo ou determidada parte dele)
* Orgulho mental (admira-se de seu preparo intelectual, seu diploma acadêmico, sua experiência etc.)
* Eu Fama (ambiciona ser famoso, conhecido, notório, quer ser manequim, ator/atriz, político, sentir a luz dos holofotes em seu rosto etc.)
* Nacionalista (apego ao país, à região – Eu Sulista, Eu Nordestino, Eu Gaúcho, Eu Argentino etc.; pode chegar ao genocídio)
* Paranóico (doença mental, nunca aceitaria seus erros ou deficiências; complexo de perseguição)
* Egotismo (só fala de si mesmo, incessantemente; gosta de interromper quem está falando para falar de si)
* Incredulidade (não aceita os fatos por excesso de orgulho)
* Pudorado (manifestar demasiado pudor)
* Ressentimento (emoção mediana entre a ira e a autoconsideração)
* Eu Guru (pretende sempre dar respostas “superiores”, dar “lição de moral” nos outros, sempre tem uma frase de efeito para mostrar sua presença “humildemente superior”).


Todos nós temos a nossa dose de orgulho, uns menos, outros mais (muito mais hehe) Proponho uma reflexão sobre isso... 


Bjos

4 comentários:

  1. Bom texto! Um dia desses fiz um post dizendo que a inveja era a mãe dos defeitos, então ela é casada com o orgulho... rs

    Realmente o orgulhoso é alguém que se torna desisteressante por mais que tenha qualidades. Um de meus maridos era o orgulho em forma de gente, dificílimo de lidar. E uma pessoa bem próxima da minha família é igualmente orgulhosa ela está sozinha por conta desse orgulho e nunca dá o braço a torcer. Os orgulhosos nunca admitem erros, isso dificulta muito, qualquer recomeço na vida deles.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Achei interessante as definições de orgulho. Muitas vezes acho que o orgulhoso é, na verdade, diferente de tudo aquilo que ele mostra. Por exemplo, tem muito pudor? Então, é um sacana no fundo. É muito nacionalista? Gostaria mesmo de morar em outro país. É incredulo? Ele mesmo não crê em nada nem em ninguém.
    Tem gente que é assim sempre: com todos e em todas as situações! A gente até tenta tolerar, mas chega um momento que essas pessoas ficam insuportáveis.
    Bjs,
    Lu

    ResponderExcluir
  3. Tá ai uma coisa difícil de se entender. Essas definições do que é ser "orgulhoso" tem um Q de outros sentimentos, por isso, quando alguém tenta definir algo eu fico meia confusa :/
    Mesmo assim, é um tema há se refletir, só não podemos se apegar muito as definições se não fica tudo muito regrado. E como toda regra, existe uma exceção.

    Beijosss...

    ResponderExcluir
  4. Uma coisa que eu sempre analiso em quem é orgulhoso às vezes é que a pessoa sempre é insegura. Tem medo de demonstrar suas fraquezas, e por isso veste uma imagem de forte, de que se ama, de que não precisa de ninguém. Mas a verdade é que ela sofreu alguma frustração durante a vida e com medo de sofrer, ela se comporta de forma "elegante", como se nada o atingisse.
    Acho que há níveis e níveis de orgulhosos. Tem gente que é muito, tem gente que usa isso as vezes... Tem gente que não é. Eu vivo lutando contra o meu, e as vezes exagero e acabo esquecendo o amor próprio. Há um linha tênue entre eles. É preciso um certo equilíbrio... Vivendo agente aprende.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Opiniões diferentes serão respeitadas, apenas pedimos que sejam expostas com bom senso e respeito. Sente-se e não se esqueça de sua xícara de café. Desabafe conosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...