segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Gente rica é outra coisa... :/

Olá cafeinados!
Muitas xícaras sujas, por aí?
Há alguns dias, encontrei uma matéria  falando sobre o segundo casamento da Galisteu. No começou o que veio a cabeça foi: "Ok, ela casou de novo, grande coisa". Mas depois, comecei a analisar o casamento e gostaria de dividir minhas opiniões com vocês, quem sabe até muda-las. Tudo na vida pode ser mudado não é?!
Fatos:
Adriane Galisteu, resolveu fazer sua festa de casamento junto ao batizado de seu filho Vittorio no  Spa Sete Voltas, em Itatiba, São Paulo. Chegou a cerimônia acompanhada do filho, que participou do casamento ao seu colo.
Mulher rica pode tudo, a população não condena e todo mundo acha bonito.
A minha visão de merda de Spa era:  um lugar para gordo emagrecer, um lugar para relaxar ou simplesmente um lugar para tirar todo seu dinheiro.
Eis, que tudo foi por água a baixo. Não acho errado, se ela pode pagar que seja feliz. Simplesmente acabou com minha ideia de Spa para gordinhos.

A noiva de bege simbolizando que ela não é mais pura.
Devo entender isso como um casamento católico, mas onde está o fato que a igreja condena um padre por fazer o casamento de uma mulher grávida? Pior! Uma mulher entrando na capela com seu filho no colo. Cadê o pai, o irmão, alguémmmmmm....
O Papa não vai falar nada!? Ela entrou com o pecado (vulvo filho) concebido antes do casamento!!!
Ela é uma pecadora, mas como tem dinheiro esse é um fator facilmente esquecido.

Vai lá na vila, ver o que a Dona Cotinha teve que sofrer por ter uma filha antes do casamento. Ficou falada. Os comentários nunca foram dos melhores e, até hoje a coitada sofre com isso. Tudo por quê, ela não tem dinheiro para bancar essa babozeira toda.
A mesma Dona Maria (fofoqueira do bairro) que julgou a Dona Cotinha, achou linda essas imagens e falou bem da Galisteu para as amigas.

Olha que fofa as filhas da Glória Maria, mas percebam o preconceito: ela é a única mulher negra que aparece nas fotos do casamento da Albina, aí!


O beijo falso que os noivos dão, influênciados pela maldita bebida alcóolica. Para simbolizar qualquer coisa que terminará sempre que a primeira briga começar!

A dança e a noiva de óculos escuro?? O_O
Olha a Dona Cotinha na dança:
Só no saculejo...
 Um casamento seguido de um batizado:
Haja saco! Só se a comida for boa e a festa for, ula lala lele!

Pela falta de comida, foi mais para mostrar aos fotográfos do que comer mesmo. Cadê a coxinha, risóle, bolinho de queijo?? Cadê a cerveja, refrigerante e kilos de brigadeiro?? Cadê Dona Cotinha, cadê a criançada correndo em cima da comida?!

"As crianças deverão interagir com o local, em um espaço lúdico que integra a decoração com os próprios animais do Spa. Na saída da festa as meninas levarão para casa uma maletinha com um jogo de panelinhas, e os meninos um kit de jardinagem. Já a lembrança dos adultos serão duas: uma vela perfumada com base de prata e desenho de cavalinho, para representar o batizado de Vittorio, uma maletinha com brigadeiro, uma medalha de Nossa Senhora das Graças e água personalizada como recordação do casamento."

Ai...coitada da Dona Cotinha, não tinha dinheiro para  tudo isso. Inventou de fazer um churrasco no fundo do quintal, a lembrançinha do batizado foi um imã de geladeira e um pedaço do bolo enrolado em papel toalha em forma de marmitinha, para o dia seguinte.
E assim acabou a festa:
Olha a análise do tiozinho: "Que festinha chata..."
...mas com a Galisteu foi assim:

Todo mundo sorrindo. E amanhã, reportagem de uma página e meia no site da globo.
Ou eles acham que somos otários, ou tem certeza! 
Ah...esqueci de falar a lua de mel do casal vai ser em Las Vegas...e viva o dinheiro!
Toma Dona Cotinha, aprende a sair com homem rico ou vai continuar fazendo festinha no fundo do quintal.

Pois bem, viva a Galisteu e pobre da Dona Cotinha!
Bjs, fui!

5 comentários:

  1. Acho que essa foi amelhor postagem que li nesse blog. Apesar de não estar podendo muito acompanhar todos os textos dos blogs que sigo neste fim de ano, sempre que possol leio pelo Reader. E achei esse post tão bom que achei que merecia um comentário.
    Achei todas as colocações muito boas. O que o dinheiro não compra não é verdade? Compra até a honra de uma pessoa. Uma mulher qualquer, uma pessoa comum, quando casa já tendo um filho é a 'promíscua" quando não, algum outro adjetivo muito pior. Mas a Galisteu, casar segurando o filho, nada mais é do que "estilo".
    A unica coisa que acrescento a esse texto é que : nesse casamento deve ter tido mais laquê do que a Hebe ja usou em sua vida inteira. rsrs

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkk Eu adoreeeei o post!
    Concordo com a Lady, o melhor post que já li foi esse! Parabéns pelo texto, pelo humor, sinceramente lendo o texto parecia uma daquelas conversas de coisas bizarras depois da academia...kkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu havia falado no Twitter que não ia comentar esse texto como Protesto.

    Pri, você me plagiou aqui, o Polemico sou EU, que pode falar mal dos Outros sou EU! O Chato da Blogsfera sou EU!

    Mas, o Texto ta Maneiro, aprendeu bem Pimpolha, finalmente achei alguem que pode me substituir em meter o pau nos outros..

    Pena que faltou a fotinha da Geyse Arruda, que esteve presente no Casamento com um vestidinho "Curto" branco, em um salto Scarpin modelo 2007 (Conheço o modelo que ela usava). Geyse Tentou chamar atenção de fotografos, mais não conseguiu, quem levou bastante fama foi Claudia Leite que chegou atrasada para o Batizado e ela era a Madrinha.

    Se alguem me chamar de GAY por acompanhar fofocas, ta Ferrado..hahaha

    ResponderExcluir
  4. muito bom esse post!!!
    realmente, a diferença no tratamento de rico pra pobre não tem comparação rsss!Por este post lembrei também das manifestações de uns tempos atrás que era de ricos falando que cansaram de corrupção e governo Lula, ai criaram a manifestação de classe média, entitulada "CANSEI" , e nessas horas kd a polícia?nada...se tivesse polícia era para fazer a guarda dos manifestantes. Mas e se os pobres da favela do capão redondo perdem suas casas em enchentes, desabamentos e incêndios são considerados os irregulares que não sairam a tempo da área de risco porque já haviam sido alertados pela prefeitura (Aham...alguém vai sair do barraco pq é área de risco e ficar sem nada?!) e não podem se manifestar em público e não podem reclamar do prefeito/do governador/do papa/do presidente/ da puta q o pariu pq estão fazendo baderna, ameaçando a ordem pública, então consequentemente merecem ter sua manifestação sufocada com bombas e gás pimenta, e por que não cavalos e homens truculentos com seus cacetetes e armas de borracha com tiros que saem do gatilho do próprio prefeito ou do querido governador.

    ResponderExcluir
  5. Gente..eu tava rindo aqui no trabalho sozinha na minha estação..
    Tudo, né?
    O que é isso????
    Rico pode tudo, minha filha..tu-do.
    Se é gente normal que faz fica feio, fica mal falado, fica sujo. Se é rico que faz, fica chic.

    Enquanto tiver hipócrita, batendo palma pra maluco dançar nesse país, meu amor..nada muda.

    ResponderExcluir

Opiniões diferentes serão respeitadas, apenas pedimos que sejam expostas com bom senso e respeito. Sente-se e não se esqueça de sua xícara de café. Desabafe conosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...