quinta-feira, 25 de novembro de 2010

O novo Rock...

Quando se fala em rock, logo lembramos de clássicos como Ramones, Guns N' Roses, Led Zepplin, entre outros. O passo mais difícil ao pensar em Rock é trazê-lo para os dias atuais. Nos últimos tempos, é como se o universo do Rock tivesse parado na década de 90, depois das bandas criadas nesses anos, tenho percebido a falta de criatividade, qualidade e inovação da nova geração do Rock. Não que as bandas não tenham seu lado positivo. Paramore, por exemplo, é uma boa banda, mas sabe quando o excesso de romantismo e tentativas bizarras de ter roupas, cabelo, maquiagem diferente acabam distraindo a atenção do público? É isso que sinto com Paramore. A vocalista exagera demais, canta de menos e a banda simplesmente não se destaca. É aquele famoso "estilinho" EMO, que a mulecada curte e os velhos repudiam.

Eu estava sentindo falta de influências do Rock de raiz, do bom e velho Blues, do Jazz emocional, das gaitas que te fazem sentir aquele aperto no coração, mesmo que nada de importante tenha acontecido.

Rock é sentimento, não são apenas batidas repetidas e roupas coloridas.
Eis que surge no cenário da música...
 ...Grace Potter & The Nocturnals 


A banda foi formada em 2004, na cidade de Fayston, Vermont por:


Grace Potter - Vocal, órgão eletromecânico, piano elétrico, violão e guitarra
Scott Tournet - guitarra, slide guitar e harmonia
Matt Burr - bateria
Benny Yurco - guitarra elétrica e vocal de apoio
(Cat) Catherine Popper - baixo e vocal de apoio
 
"Nós éramos uma banda de Vermont caseiros há cinco anos", diz Grace com um sorriso malicioso. "Agora estamos num ato nacional que não quero ser fodida com..." Após a pausa para o efeito (ou comédia) dramática, ela continua em uma veia mais grave. "Com este recorde nos sentimos como se estivéssemos lá, finalmente, após uma longa luta. É como 'Oasis', a canção que é de cerca com a sensação de solidão,  quando você está completamente perdido, sem fim à estrada e muito e existe pouca esperança. Escrevi-o como um conselho para mim mesma para continuar a caminhar, porque no meio do deserto, pode haver um oásis. E é isso que nós realmente temos encontrado. " 

 
Paris (Ooh, la la), encantou pela beleza do clipe, a voz da vocalista e o conjunto como um todo.
Confiram:


Grace Potter & The Nocturnals  chamou ainda mais minha atenção com a música White Rabbit cover de Jefferson Airplane. Particularmente eu achei meia parada no começo achei que não sairia daquilo, mas depois me ganhou e muito nem parecia a mesma pessoa cantando. E  bem a música conta basicamente a história de Alice no país das maravilhas, conclusão = apaixonei! 

 

A banda é recheada de estilos, fica até difícil classifica-la como Rock, mas ela é o bom e velho Rock que vale a pena ouvir. Segundo críticos e especuladores a solta, Grace Potter tem potencial para ser a nova Janis Joplin. Vamos torcer para que ela não se perca no meio do caminho.



Algumas poucas músicas que ouvi e viciei:









Beijos cafeinados e curtam o bom e velho Rock N' Roll
Pri Viotto

5 comentários:

  1. Amiiga! EMO não é rock..Aquilo é porcaria! Rá

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha visto essa banda na vida..mas também não sou muito de música internacional, né, Pri!
    ...mas vou dar uma olhada em casa.
    Blog também é cultura, viu?! rsrssr

    ResponderExcluir
  3. KÁ...
    com 41 anos de idade( corpinho de 30) kkk claro que sou mais tradicionalista quando se trata de rock, sinceramente poucas coisas foram criadas e inovaram após os anos 90....sinto saudades de uma época revolucionária onde o som traduzia aquilo que queriamos libertar...
    de led zeppelin a titãs eu almoço e janto música..
    não tenho preconceitos mas ha muita coisa de mesmisse no som das bandas de hoje...mas penso que cada qual na sua praia e tudo é válido desde que tenha qualidade...
    me despeço ao som de ac/dc...rsr
    bjuivos no coração.
    loba.

    ResponderExcluir
  4. Adorei, "corpinho de 30"...uiaa!
    Rock clássico é sempre bom, mas varias as vezes faz bem. Apesar que com a quantidade de porcaria na mídia fica difícil encontrar algo que realmente valha a pena, mesmo assim a gente tenta.

    Seja bem vinda Valéria!

    Bjss

    ResponderExcluir

Opiniões diferentes serão respeitadas, apenas pedimos que sejam expostas com bom senso e respeito. Sente-se e não se esqueça de sua xícara de café. Desabafe conosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...