quarta-feira, 27 de outubro de 2010

O surgimento do Restart!

Todos os cafeínados sabem que a moda agora é o "colorido". Não tem uma roupa de não seja colorida, os adeptos ao "pretinho básico" estão sendo esmagados pela parcela de pessoas que curte ouvir aquele tipo de música que gruda como chiclete, fala sobre amores não correspondidos, alegria de estar com quem se ama, e toda aquela babozeira, que para quem vive em uma metrópole, acaba não tendo tempo de pensar. A não ser que você seja desocupado, filho de papai e não tenha que acordar cedo, trabalhar, estudar, e de quebra cuidar do corpo e da casa.
Pois bem, mas como surgiu essa galera esquisita? Quem deixou esse movimento fazer a cabeça das crianças de 6 anos?
Fashion Week!
Essa é a minha dedução simples e rápida! O mundo da moda é repleto de cores e excentricidades, a imposição de estilo é algo que vem naturalmente, querendo ou não somos influênciados constantemente por ele.
Não vemos pessoas usando roupas em formatos de cones nas ruas, mas vemos jovens vestindo roupas sobrepostas como se aquilo fosse algo tão sublime e magnífico a ponto de ninguém achar esquisito.
A necessidade de não ser igual a todos faz com que os jovens tentem se destacar de alguma forma no meio da multidão. 
O movimento "metal" que existia na Galeria do Rock, agora foi susbstituido pela misselânia de pessoas  esquisitas que vão na Renner comprar roupas coloridas e desfilar no centro de São Paulo.
Nada contra "galerinha colorida", muito bonitinha a roupa de vocês, mas me desculpem ouvir uma música que fala sobre "razões e emoções" e querer clássificar como Rock um solo de guitarra "mequetrefe" .  É IMPERDOÁVEL!
Por favor, voltem para suas casas, peçam dinheiro para seus pais e convidem a corja de amigos para ir ao Shopping Iguatemi desfilar suas roupinhas novas. Quem sabe você não viram, modelos. Lá tem bastante olheiro! #fato
Mas voltando ao assunto moda...
Não acho ruim que exista tanto colorido nas passarelas, acho interessante e até bonito em alguns casos. O problema está na maneira como as confecções tratam essa moda colorida. 
Ok, as confecções são feitas para as massas, mas hello, Renner...a população brasileira acima de 21 anos não é Restart, apenas a ala infanto juvenil é assim.
Criem divisões entre essas alas!
Ter que visualizar o catálogo ou entrar em uma loja da franquia, e se deparar com roupas para crianças  mimadas de até 18 anos é humilhação e chacota demais!
Acredito fielmente que a Renner deveria começar a produzir roupas mais estilo "moda fashion week", se é para ser feio... taca a meleca no ventilador e deixa ela se espalhar.
Desabafo mode On!
Tá na hora de sair correndo, vou comprar uma calça colorida e me disfarçar antes que seja apedrejada na rua.
Beijos, até a próxima!

8 comentários:

  1. Porcaria de Restart heim...

    Culpa da Igreja, da Televisão.. é Tudo coisa do Demo..rsrsrsrs

    Bom, Odeio Restart e qualquer coisa que me lembre os Teletubies.
    Como os adolescentes de hoje são tudo retartados e não mais pensantes e rebeldes como por exemplo nos anos 70 e 80 e empresa capitalista esta vendo OTIMOS Lucros neles. LEmbro que o consumismo Infantil e Juvenil teve sem "Boom" nos anos 90, no qual a Pakalolo era a que se destacava..
    Com relação a MODA, vamo ser sinceros, para mim a palavra Fashion significa = Horrivel. Já tentei assistir canais de Moda e Desfile, e Moda?? Aquelas Roupas ridiculas na Passarela é MODA? quem usa aquelas porcarias nas ruas? Igual aquela Bota Astronalta, com a Sola Gigantesca que 90% das Mulheres tem (Principalmente as baixinhas) e que posso AFIRMAR que 90% dos Homens ODEIAM aquela Bota, Acha Horrivel.
    Acho que é assim com a Moda Colorida, as lojas estão colocando cada vez mais Colorido, visando esse Publico - Infanto Juvenil de 18 anos.

    E aproveito para dizer, com licença da Plavra:
    Restart o CARALHO! Essa Porra não é rock cacete! Bando de Viadinho que fica procurando descupinhas para dar a Bunda e dizem que são rockeiros, Rock é Atitude (Substantivo Feminino? rsrs) Rock é Ideologia, Rock é Movimento de Causa e Efeito, Rock é Rebeldia, Rock é Manifestação Politica, Rock é Ideologia, Rock é Filosofia, Mais Restart, Fresno e Porra coloria não é ROCK CARALHO! Rock e Daltonico.. Curtimos PRETO!

    Desculpe, sabem que sou revoltado..rsrs
    Culpa disso é esses Malditos Harry Poter, Senhor dos Anéis, Crepusculo e etc.. Esas Porcarias de Historinhas que deixaram os Adolescentes tudo GAY e sem Pensamento! #ProntoFalei No Meu Tempo Vampiro era Dracula. Macho! Liamos Turma da Monica e aprendiamos planos infaliveis com Cebolinha.

    ResponderExcluir
  2. Gente..amei o comentário do revoltado acima.

    Tu sabe o que me consome mais?
    Não é a roupa colorida...
    É o biquinho com os dentinhos aparecendo e onarizinho franzido que o vocalista faz!
    Olhaaa isso me irrita profundamente.
    Vai dar esse cu porra.

    ResponderExcluir
  3. Opá, pera lá Sr. Thiago Nalli!

    "Culpa disso é esses Malditos Harry Poter, Senhor dos Anéis, Crepusculo e etc..."

    Você cometeu o maior engano da sua vida!
    Falar sobre Harry Potter, Senhor dos anéis junto a merda chamada Crepusculo!
    Pare lá, vamos analisar uma coisa, você viu alguém, quando foi lançado o livro do Harry Potter se vestindo com roupas de personagens? Não...isso só aconteceu após a popularização do filme!
    Vc viu alguém se achando o Frodo com o anel do poder nas ruas? Não, isso não acontece nem nos dias atuais.
    Agora, você vê meninas acreditando em amores como de Bella, querendo viver com um vampiro, usando camisetas e comprando poster ridiculos.
    Simples fato, Harry Potter e Senhor dos aneis não foram feitos para as massas!
    Até porque aposto que ninguém que leu Crepusculo, iria ler Senhor dos aneis, fato quase ninguém tem coragem de ler o Tolkien.
    Não tem como profanar essas duas obras, são simplesmente divinas e não as compare novamente!
    Fiquei brava, vou falar sobre isso no próximo post!

    Beijos até!

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a Pri, não dá para comparar Sr. dos Anéis , Harry Potter e Crepusculo... A própria escritora de Crepusculo sempre diz que seus livros não chegam aos pés de HP imagina dos livros do Senhor dos Anéis.
    HP e Senhor dos Anéis são literaturas que têm uma importância mundial, a primeira abriu espaço para livros sobre a terra média, mitoligias mais rebuscadas e o HP abriu espaço para a literatura fantástica e ambos aumentaram o número de leitores... O Eduardo Spohr, um literário novo com seu livro A Batalha do Apocalipse sempre lembra da importância desses livros antes de alguém começar a criticar erroneamente...
    E sobre o que a Pri disse dessas duas literaturas não serem feitas para as massas... É exatamente isso, mas ai para ganhar dinheiro com isso no que eles investiram? em filmes, games e etc. Eu particularmente adoro os filmes do Senhor dos Aneis, mas não posso dizer o mesmo dos filmes do HP. O filme distorceu muitas coisas e acabou influenciando até na escrita dos ultimos livros...
    E falando em Crepusculo... Eu nunca me interessei, nunca li e nem assisti filmes... Já me recomendaram várias vezes, agradeço as pessoas que recomendaram mas mas é muito estranho pra mim essa distorção dos vampiros, prefiro os vampiros, digamos assim, tradicionais.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. E sobre esses livros deixarem pessoas sem pensamento, sito novamente e recomendo o livro A Batalha do Apocalipse. Para ter escrito tanto HP, Sr. dos Anéis e A Batalha do Apocalipse foi necessário usar muito do conhecimento sobre mitologias pra não escrever abobrinha, e lendo esses livros vc vai interpretando com seus conhecimentos. Muitos dos nomes dos personagens do HP tem a ver com a personalidade deles, por exemplo Alvo Dumbledore significa Branco e Sabedoria. Com isso quero dizer que nesses livros não foi escrito qualquer coisa, então não dá pra dizer que lendo a pessoa vai ficar "burra" sem acréscimo de nenhum conhecimento, talvez o filme possa deixar essa impressão mas nos livros desde os nomes dos personagens, lugares animais e etc explicam alguma coisa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Primeiro de tudo, amei o post.
    Também acho rídiculo essa moda colorida, tanto na música, como na moda propriamente dita.
    Eu gosto de moda (apesar de não ser expert), gosto de ver desfiles, editoriais e tal. Gosto ainda mais de gastar (quando o dinheiro me permite), e achei muito rídiculo a renner fazer uma coleção para adultos desses coloridos.
    Talvez incorporar uma coisa e outra dessa moda, adaptada para os adultos seria mais interessante (apesar de eu não gostar, a gente tem o exemplo dos scarpins coloridos).
    Eu como boa amante da moda dark, recrimo ainda mais essa moda colorida hehe.
    E achei muito nada a ver esse primeiro comentário falando de Harry Potter e Senhor dos Anéis, que não tem nada a ver com a moda colorida.
    Nem Crepúsculo tem a ver diretamente, a única coisa que geralmente quem gosta dos coloridos gosta de Crepúsculo, mas não é regra. Eu mesma li a saga, e gosto, mas odeio os coloridos.
    Não conhecia o blog, gostei, estou seguindo já :)

    ResponderExcluir
  7. Bem vinda DEZE!!
    Não ligue o Thiago é nosso completo imcompreendido, mas você dará muitas risadas com ele,ou não!

    Durante minha adolescencia só vestia preto, hoje ainda continuo com isso, mas melhorei muito.
    Veja o que é evolução, agora eu combino preto com cores ahahahahah (influência de Tarja Turunen ex-vocalista do Nightwish)
    É bem aquela coisa, o estilo de se vestir é como a variação do seu humor, mas mesmo assim não justifica a tendência Restart.
    O que me deixa mais apavorada é saber que essa bandinha de merda vai ter um filme em 2011.
    Nem o Metallica que é lenda tem um filme...
    Ai não, isso acaba comigo!

    Bjs

    ResponderExcluir

Opiniões diferentes serão respeitadas, apenas pedimos que sejam expostas com bom senso e respeito. Sente-se e não se esqueça de sua xícara de café. Desabafe conosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...