quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Dietas milagrosas!

Olá, seres cafeínadossss! (se esse termo não pegar, eu vou continuar usando...viciei rsrsrs)
Hoje resolvi abordar um assunto que ronda constantemente pela internet e a vida de qualquer sedentário com tendências a gordices.

DIETA!
Por sempre ter sido gordinha, a não ser no período de gestação até  os meus exatos 4 anos de idade. Tive que conviver com o fato de ser o peso pesado da turma da quinta série, e aturar aqueles "apelidinhos" toscos como; rolha de poço, bolinha de queijo, e claro os adjetivos carinhosos se não bastasse você se achar  a esquisita da turma, tem sempre que vir alguém te consolar e te jogar mais para baixo "gorda, gordinha, fofinha, lindona, fofolete"...e por aí vai.

Quando somos crianças mesmo sendo humilhados é como se aquilo tudo passasse depois de tomar sorvete e brincar com os amigos, logo continuamos gordinhos e felizes. Mas aí, vem a adolescencia, fase medonha que toda pessoa vai ter que passar por ela e se lamentar de não ter feito algo, ou ter feito o que não deveria.
Como diriam os mais velhos, "Não faça nada que possa se arrepender depois".
Apartir do momento  em que começa-se a entender a vida, é como se desse um Star na cabeça do adolescente e ele resolve emagrecer, começa a fazer dietas milagrosas. Muitas vezes emagrece, em outras fica frustrado porque não resolve nada ficar horas sem comer.
E isso tudo acontece por um simples fato: o individuo começa a querer fazer parte da sociedade como um todo. E se todos são magros porque tenho que ser gordo?

Se eu pudesse dar um conselho a todos as pessoas que sofrem com o excesso de peso, não seria "Use filtro solar", mas sim "Não faça dieta maluca."

No começo parece que vai solucionar todos os seus problemas, você vai perder peso rápido, mas deve pensar no que é melhor para você, a saúde ou simplesmente a estética. Nunca se esquecendo que esse tipo de dieta costuma ter efeito contrário, você perde quilos a rodo, mas ganha tudo novamente em menos tempo do que perdeu.
Por isso a melhor maneira de perder os quilinhos é fazendo uma re-educação alimentar.
Comer de tudo sem exagerar, evitar comidas gordurosas, tomar bastante líquido, comer de 3 em 3 horas e fazer alguma atividade física. Seja caminhada, luta, dança ou exercícios aeróbicos. 
As mulheres costumam ter medo de ganhar massa muscular mais saibam, exercícios que possuem maior repetição não ganham músculo, apenas enrijecem e definem. Pular refeições, fazer dieta de sopa, dieta da maça, da uva, do queijo. Nada disso vai resolver completamente seu problema e você vai continuar gordo (a).

Se quiser viver feliz sem problemas de saúde, tenha qualidade de vida, alimente-se bem e viva intensamente. De resto não importa se você é gordo ou magro a felicidade está nas mais variadas formas. Já imaginou se o hipopótamo ficasse triste por ser o mais pesado dos animais, e a mosca ficasse triste por ser pequena e leve?
As coisas são como devem ser, podemos melhorar sem nunca esquecer quem somos.
Por isso, SEJA VOCÊ!
Beijos, até breve!

2 comentários:

  1. Ah, essa coisa de apelido entre as crianças é bem comum...
    Sempre fui apelidada por ser magra de mais rsrsr
    É...infância

    rsrs

    Boa semana
    ;*
    Marina

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que o tempo passa ahaahah
    bjs

    ResponderExcluir

Opiniões diferentes serão respeitadas, apenas pedimos que sejam expostas com bom senso e respeito. Sente-se e não se esqueça de sua xícara de café. Desabafe conosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...