domingo, 25 de julho de 2010

O Rei do Rock!

" Cara, eu era um bobo comparado com as coisas que fazem agora." (Elvis Presley, 1972)


(Você nunca foi, nem nunca será um bobo. Transformar uma geração não é ser bobo, é ser acima de qualquer força já existente. Priscilla Viotto)

Elvis Aaron Presley nascido em 08 de Janeiro de 1935 em Tupelo Mississipi nos Estados Unidos da América o cantor mundialmente conhecido e entitulado Rei do Rock, conquista o mundo através de sua simpática, descontração, simplicidade e seu jeito meio excêntrico de dançar.
Elvis Presley como é conhecido, viveu sua infância simples era um garoto de familia humilde. Elvis teve um irmão gêmeo chamado Jesse Garon Presley que nasceu 35 minutos antes dele, mas por obra do destino veio a falecer.
Elvis era muito religioso frequentava a igreja Assembléia de Deus junto a sua família, e foi lá onde descobriu seu talento para a música.
Por diversas vezes a família de Elvis teve de recorrer a vizinhos e assistência alimentar do governo, devido a problemas financeiros que na época atingiam a boa parte da população. Em 1938 eles perderam sua casa, por seu pai Vernon Presley ser acusado de falsificar cheques do proprietário do imóvel. Vernon ficou preso durante oito meses e Gladys Love mãe de Elvis o levou para morar na casa dos irmãos de Vernon. 
Ainda pequeno Elvis participou de um concurso de talentos na Feira Mississippi-Alabama, onde ele conquistou com a música Old Shep, o segundo lugar e o prêmio de 5 dólares e ingressos para se divetir no parque.
Após isso, Elvis ganha de seu pai um violão do qual passou a ser seu maior companheiro.
Pela situação precária que sua família enfrentou durante muito tempo, Elvis acabou trabalhando em diversas atividades. Foi desde lanterninha de cinema a motorista de caminhão, mas nunca deixou de lado seus estudos e nas horas vagas, cantava e tocava seu violão, e quando podia arriscava a tirar algumas notas no piano. 
Elvis foi influênciado pela música pop da época o Country,a música gospel, erudita e ópera. 
A carreira do cantor só começou a existir nos anos 50 quand a Sun Records grava seus primeiros experimentos - esquisito dizer isso, mas para época a som de Elvis era diferente e ousado.
Elvis resolve discontrair e cantar uma música  That's All Right, Mama, o som foi o que levou a origem do gênero musical, que conhecemos como Rock'n and Roll - não podemos esquecer o som evoluiu, então para a época isso era o Rock. 
Em seu primeiro single, foi lançado as músicas That's All Right, Mama e Blue Moon of Kentucky. Para quem acha que o primeiro disco de Elvis foi solo engana-se ele contou com a participação de um guitarrista Scotty Moore, o baixista Bill Black.

Elvis deixa de ser o garoto do interior e passa a viajar para outras cidades, fazendo shows e entrevistas de rádio, sendo reconhecido e elogiado onde quer que fosse.
Em 1956 ele se tornou conhecido internacionalmente, os senhores e senhoras conservadores da época repudiavam a maneira dele se vestir, a música e o estilo de Elvis. Mas a galera mais jovem o adorava, fazia o mesmo e suas músicas faziam cada vez mais sucesso.
Elvis foi perseguido pela sociedade branca, pois, era uma época de muito racismo, e Elvis era considerado o "filho" do R&B (música de negros e para negros). Foi discriminado não só por isso, mas por vir de família humilde, e como diziam por ser um "caipira sulista". Os empresários de Elvis diziam que apenas sua determinação o mantinha em sua busca, pois, todos os fatores iam contra a maré do cantor.
No final da década de 80 Elvis estréia em sua carreira de ator nos filmes "Love Me Tender", Loving You", "Jailhouse Rock" e "King Creole".

 Com o show de 1957 no Canáda, seu único show fora dos Estados Unidos, ele conquistou sua mansão Graceland onde viveu até sua morte.
Em 1959 ele conheceu Priscilla Beaulieu com 14 anos de idade, e que viria a ser sua mulheres alguns anos mais tarde.
Em 1958, Elvis foi obrigado a servir o exército, mas seu empresário aproveitou para expandir o sucesso do cantor. Elvis foi morar na Alemanha e lá permaneceu até março de 1960.
Em agosto do mesmo ano, sua mãe faleceu e esse foi o acontecimento mais marcante na vida de Elvis, do qual o cantor nunca conseguiu se esquecer.

O cantor não se preocupava apenas em ganhar dinheiro, ele fez um show beneficente no Hawaii do qual arrecadou dinheiro para ajudar esse povo.
 Apartir de 1965 Elvis começa a decair, a trilha sonora dos filmes e suas atuações passam a não ter a mesma qualidade de antes, devido talvés a falta da mãe e o tédio que rondava a vida pessoal do rei.
Em 1963 nas gravações de "Viva Las Vegas", Elvis se apaixona pela protagonista do filme Ann Margret, o filme foi um dos mais elogiados e respeitados do rei.

Em 1967 Elvis se casou com Priscilla, o matrimônio aconteceu na cidade de Las Vegas. No período de 67 e 68 foram lançados albuns bem elogiados de Elvis - reparem ele sempre teve forte influência de seu emocional em sua carreira.


No dia 01 de fevereiro de 1968 nasceu sua primeira filha Lisa Marie Presley ( que seguiu os ensinamentos de seu pai, e hoje também é uma cantora, não é tão conhecida e comentada como Elvis, mas não perde a magestade assim como o pai)

Em fevereiro de 1972, Elvis e Priscilla se separam após muito sofrimento, brigas e descordias, devido a distância de Elvis por causa de seus shows e as traições de ambos. Em 1973 o divórcio é definitivo, por incrível que pareça esse ano, foi o melhor na carreira de Elvis, pois, sua música "Burning Love" foi uma das mais tocadas da época.
 Já em 1977 Elvis começa a dar indicios que sua saúde já não está bem cancelando alguns de seus shows.
Em 15 de agosto, o rei vai ao destista por volta das 11:00 da noite, algo comum para ele - ou talvés o dentista não seja só dentista. 
Pela madrugada, joga tênis e toca algumas canções ao piano, ele só vai dormir por volta das 4 ou 5 da madrugada do dia 16 de agosto - estranho não, ele tomou o que energético?
Por volta das 10:00 da manhã ele teria levantado para ler no banheiro - ou seja, foi fazer suas necessidades fisiológicas, mas como ele é o REI. Foi ler!

Ninguém sabe ao certo o que aconteceu, pois, Elvis foi encontrado morto por Ginger Alden sua namorada na época, por volta das duas da tarde, no banheiro da suíte. O que ele fez todo esse tempo ainda é um mistério.
A laudo médico caracterizou colapso fulminante associado à disfunção cardíaca.
A morte de Elvis chocou o mundo, também puderá ele foi o Rei do Rock, mobilizou gerações, emocionou e deu esperança as pessoas que como ele sofriam. Mostrou que é possível lutar e chega onde se quer, mesmo que o mundo esteja contra você.

Na ocasião, as linhas telefônicas de Memphis ficaram congestionadas, as floriculturas venderam todas as flores do estoque, e os fãs sentiram a falta de um ícone do cenario musical, o Rei do Rock que nunca mais estará entre nós, mas que viverá para sempre nas músicas e sentimentos de quem viveu, vive e irá viver essa lenda chamada Rock N' Roll, um gênero marcado de mudanças e diferenças do qual Elvis Presley nunca deixará de ser o Rei.
Nós perdemos o perdemos, mas suas músicas estão aí para trazerem recordações e emoções.
ROCK N' ROLL BABY!!

Minha favorita


Músicas que recomendo:

Fonte: 1001 discos para se ouvir antes de morrer, Robert Dimery e Wikipédia

Beijos
Pri Viotto

2 comentários:

  1. Legal o post!
    Confesso que não conheço muitas músicas do Elvis, mas as poucas que conheço gosto, rs

    Eu tb gosto de algumas músicas da filha dele, a Lisa Marie... rs

    http://www.dailymotion.com/video/x16ckn_lisa-marie-presley-lights-out_blog

    http://www.youtube.com/watch?v=3alqCni-ixg

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto da Lisa também. Ela canta bem, não conheço muitas músicas, mas vou pesquisar mais!

    Bjs

    ResponderExcluir

Opiniões diferentes serão respeitadas, apenas pedimos que sejam expostas com bom senso e respeito. Sente-se e não se esqueça de sua xícara de café. Desabafe conosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...